Eu

Um breve relato de quem eu sou [maio de 2012]:
.
Em minha vida profissional, fui balconista de farmárcia aos 12 anos, capinei quintais, fui engraxate, ajudei meu pai em sua oficina de reforma de móveis (raramente, devido à bronquite asmática que tinha).
.
Fui desenhista projetista de arquitetura, trabalhei na ENCOL, na COBAL, na CIVILSAN e no TCDF. Fui professor de matemática nas redes públicas e privadas, por mais de quinze anos, inclusive no Colégio Militar de Brasília.
.
Em 1988, recém saído de um relacionamento, com três filhos, abri uma empresa objetivando ter condições financeiras de criá-los com mais dignidade e conforto, o que, como professor, não era possível.
.
Aos cinquenta anos voltei para os bancos da faculdade, cursei direito, fui aprovado no exame da OAB, antes mesmo de terminar o curso, e hoje sou advogado com escritório contíguo à sede da empresa, o que facilita muito administrá-la.
.
Tive dois filhos e três filhas que tem sido a principal razão de minha vida. Perdi o Fernando para Deus em 1997 (eternas saudades...).
.
Mas estão quase todos criados. Quase!
.
O filho mais velho tem sua empresa, está casado e encaminhado na vida. A filha mais velha toma conta de nossa empresa de forma bastante competente, o que possibilita, na seara profissional, realizar meu sonho de viajar por aí.
.
A segunda filha está em busca da realização do seu primeiro de muitos sonhos: ser bióloga marinha. Para isto cursa biologia na Católica de Brasília. A minha caçula está prestes a completar 14 anos e concluir o ensino fundamental. A dependência de cada um deles de mim diminui a cada dia, o que me permite viajar com mais tranquilidade.
.
A minha esposa, com quem estou casado há 23 anos, tem sido muito compreensiva e paciente comigo nestas minhas aventuras de final da vida, apesar, diz ela, da preocupação constante durante minhas ausências... Depois de muito conversarmos, consegui o alvará sem prazo de validade para minhas viagens de moto. Mas nos impomos uma condição: nos comportarmos bem, eu voltar sempre pra casa, que ela estará me esperando. Confiança mútua...
.
Ou seja: Meus filhos estão 'quase' todos criados e tenho uma esposa que me compreende e me tolera. Na parte financeira/econômica, a empresa está consolidada, tenho uma bela e confortável casa, um ótimo carro e uma excelente moto: Harley-Davidson, Fat Boy, 2011! Tenho mais que o necessário. Então, CHEGA... [Em novembro de 2012 comprei uma Electra]
.
Adoro o que faço: Administrar a empresa que construí e exercer a profissão que sempre sonhei - advocacia.
.
Ou seja, me considero realizado! 
.
Mas falta algo...
.
Sempre gostei de uma estrada e de um pouco de aventura! Quis até ser caminhoneiro. Quando jovem e solteiro, viajava de carro para Goiânia, Pirenópolis e outras cidades próximas, com relativa frequência. Estacionava meu fusquinha com duas rodas sobre o meio-fio e dormia debaixo do carro, pela falta de grana para pagar hotel. Aos 21 anos, fui de carro para o Rio de janeiro e Cabo Frio e lá fiquei por mais de um mês, acampado! Na época tinha todo o equipamento e acampava nos mais diversos locais. Ô vida boa aquela! Mas...
.
Com o nascimento de meu primeiro filho, em 1978, e do terceiro em 1983, tive que dar um tempo em minhas viagens e aventuras. Afinal, precisava trabalhar para criá-los. O tempo passou e em janeiro de 2013 já serei avô. Mas não vou ficar só corujando neto! Vou viajar nos intervalos da corujice...
.
Já viajei de carro por quase todo o Brasil, com minha esposa atual e filhos. Isto desde 1990, quando viajava com o Reinaldo e o Fernando - inesquecíveis e maravilhosas viagens... Mais recentemente, desde 2003, com minhas filhas mais novas. Bão de mais da conta... Mas elas também cresceram e suas vontades não combinam mais com as minhas, o que é perfeitamente normal e compreensível.
.
Em 2010 descobri que viajar de moto é muito melhor do que de carro… E decidi que isto é uma das coisas que irei fazer no 1/6 de vida que ainda me restam (estatisticamente falando, claro - leia o tópico correspondente)… Ou pelo menos na metade deles. Até os 65, quem sabe?
.
Estou me preparando para fazer a viagem até o fim do mundo (Ushuaia, Argentina). Se tudo der certo, no final de 2012. Se a gravidez da minha filha mais velha correr tudo bem, se as coisas na empresa estiverem tranquilas, e tudo o mais dentro dos conformes... 
.
Irei se achar que tenho condições físicas e psicológicas. Mais psicológica do que física. Afinal, a distância das pessoas que amo e a solidão, serão minhas maiores dificuldades. Estou me preparando para isso. Um companheiro já está garantido (Deus)! Se aparecer mais algum, ótimo. Se não, vamos só nós três mesmo (Ele, eu e minha moto)! O patrocínio também já está, em parte, garantido, pela KMôn.
.
Se conseguir realizar a viagem até Ushuaia (e vou conseguir), meu próximo sonho já está definido: ir até o Alaska em 2014, em minha Fat Boy. 



22 comentários:

  1. Conheci vc num hotel em Patos de Minas, Celso vc é o cara. A maioria das pessoas trabalha mas não desfruta de suas conquistas, você aprendeu que a vida precisa ser vivida, aprendeu que nunca é tarde para mudarmos de trajetória, de profissão, e o que mais for preciso para ser feliz, isso é uma benção de Deus, parabéns.
    Um abraço, Eduardo Tavares, estudante de Engenharia e futuro aventureiro como vc!

    ResponderExcluir
  2. Tenho muito orgulho do pai abençoado e querido que tenho.
    Meus parabéns e muito sucesso na conquista dos seus objetivos!
    Sempre estarei ao seu lado, te apoiando em tudo que te traz felicidade (com segurança, é claro!)
    Beijos da sua filha que te ama muito.. Mônika.

    ResponderExcluir
  3. Esta é a filha que todo pai gostaria de ter.

    ResponderExcluir
  4. Caro Dr. Celso, após breve encontro na loja Sportcar, na Ciudad del leste, e na difícil decisão em adquirir uma roupa que seja defenitivamente impermeável. Espero termos também feito a escolha certa. E mais, além de ter gosto por motos também colega de profissão. Grande abraço, Carlos Alberto e Marcia (Floripa) - cbaginski_filho@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um prazer enorme conhecer vocês. Além de compartilhar a escolha da roupa. Agora é torcer por uma chuva no momento certo. Confesso que tenho minhas dúvidas da impermeabilidade... Bom saber que és colega de profissão. Já sabe: vindo a Brasília ou precisando de algo, é só gritar. Abraços.

      Excluir
  5. Uai, quem sabe em me animo... Vou ver.
    Abraço
    David

    ResponderExcluir
  6. Se anime, David... O tempo passa rápido.

    ResponderExcluir
  7. Eu e minha esposa, de BSB, também estamos programados para ir a Ushuaia de moto. Cada um na sua, entre Dez 2013 e Jan 2014. Quem sabe nos encontramos para combinar roteiro? Abs. Rogério e Claudia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será um prazer, Rogério. MeChamaQueEuVou...

      Excluir
  8. Fala Celso, aqui é o Felipe, que você encontrou na viagem para o Ushuaia (Na travessia do Estreito de Magalhães) e em Lapatai. Depois dá uma olhada no nosso blog, que você está lá (www.loucosporestrada.com.br). Nossa próxima viagem também será para o Alasca... Provavelmente 2015.

    ResponderExcluir
  9. Olá Felipe Sanchez. Muito legal o blog de vocês. Alaska que nos aguarde...

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Celso

    Conheci você em Porto Alegre domingo dia 15/12/2013 na frente do Palácio do governo do Rio Grande do Sul. Estavas brigando com o teu GPS que tinha travado. Achei a tua aventura muito legal. Te desejo uma boa viagem pois pelo jeito tem muito chão pela frente.

    Carlos Renato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Carlos. Me lembro de você. Estava com sua esposa. Obrigado. Já cheguei em casa, debaixo de um temporal.

      Excluir
  11. O destino é certo. O caminho não. ??? JESUS CRISTO É O CAMINHO...

    ResponderExcluir
  12. Grande Celso, conheci este cara no Kalabara na sexta dia 17/10, de cara falei para ele: "celso, fiz que voce fez e um sonho de muito, poucos vão conseguir realizar" so de falar de dar arrepios, pois, quem gosta de moto e de viajar e uma coisa unica.
    Tou com teu contato, vamos marcar de tomar uma cerveja, tou querendo ir la pra gramado em dezembro se puder me passar umas dicas das estradas...


    Vlw Celso, muito bom lhe conhecer, parabens pelas as aventuras.

    Abrasços.

    Leandro

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Celso. Excellent é seu blog e sues relates. Estou indo ao Alaska com mais dois amigos em junho e gostaria de saber Mais detalhes sobre o envio da sua moto no retorno, pois faremos a mesma coisa. Se puder me passar o seu contato, lhe agradeço. silvio@arteeface.com.br Abraços!

    ResponderExcluir
  14. ola , entrei para o time fazedores de chuva,rsrs estou fazendo o Valente fazedor de chuva no Rio de Janeiro para começar, graças a vc que descobri este time, pelo seu blog ! thanks!
    A proposito, vc carrega algum Guardian Bell na sua moto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliano.

      Fico feliz por isso. Os FC são grandes incentivadores dos motociclistas que gostam de estrada.

      Carregava, mas perdeu-se na viagem para Ushuaia. Entre no nosso grupo do face: motos e motociclistas.

      Abraços.

      Excluir

Se preferir, comente como ANÔNIMO. É a última opção na caixa abaixo [Comentar como]... Mas se identifique no final da mensagem, para que eu possa saber quem é... Se possível, coloque um e-mail. Obrigado.